domingo, 13 de agosto de 2017

Outra Dimensão: Dia dos Pais

Falamos das mamães, mas hoje é o dia dos papais! Gostaria de aproveitar este espaço para homenagear todos esses guerreiros, que com sacrifício, tentaram e ainda tentam dar o melhor para os filhos, seja em educação ou nas coisas básicas da vida, antes de pagarmos nossos próprios boletos.



Vou tentar abordar os dois lados, onde falarei um pouco como filho e outro tanto por ser um papai, também.

Quando somos crianças, muitas vezes não entendemos o porquê de algumas broncas ou determinações dadas pelo nosso pai. Por que não podemos ficar até tarde na rua? Como assim não podemos ser amigo do Fulaninho? Por que temos que ir pra escola e estudar tanto? Por que nosso pai tem que ficar fora o dia todo ou até mesmo alguns dias longe de casa, dependendo do serviço? Pra que existe o castigo?


Enquanto crescemos, passamos a entender aos poucos cada uma dessas situações. Somos repreendidos por algo de errado que fizemos para não ser um delinquente/marginal no futuro. Fulaninho seria um mau exemplo, se eu não tivesse uma certa bagagem para influenciá-lo a ser alguém melhor. Ficar até tarde na rua seria perigoso, ainda mais nos dias de hoje. A escola é a base de tudo lá fora, depois de uma boa educação no lar, pois os trabalhos pedem uma formação escolar mínima para cada área. É preciso trabalhar para se ter o sustento da casa, como pagar as contas e fazer as compras de subsistência e vestuário. Castigo (sem tortura) é fundamental para entendermos que desobediência gera consequências e é preciso pagar por elas.


Parece simples, não é? Mas não tanto assim. Isso porque entendemos superficialmente. Nosso pai também sofre ao realizar cada uma das ações acima, pois, apesar de querer sempre o melhor para os filhos, é difícil repreendê-los, ficar longe deles por muito tempo (seja por causa do trabalho ou da escola dele). Castigar um filho dói no peito, mas é algo necessário. Falo todas essas coisas desse parágrafo por também ser pai. Quando você passa por essa experiência, começa a compreender o tamanho do sacrifício feito pelo seu velho. Digo mais: você passa a amar o coroa mais ainda, pois sabe que em várias situações novas que surgem pra você lidar, seu pai tiraria de letra.


Por fim, ser pai é uma bênção. Você ama tanto a sua esposa que, pela misericórdia de Deus, por meio dessa união, surge o filho. Um pouquinho de cada um, praticamente uma pedaço da mãe com a cara do pai (hehehe). A criaturinha que você ama incondicionalmente. E será sempre a mais linda do mundo. O trabalho passa a ser visto com outros olhos, pois cada hora trabalhada remete-nos ao pagamento no fim do mês, que será investido em fraldas, papinhas, leite, remédios, roupinhas, brinquedos e muitas outras coisas envolvendo o pequeno. Você? Se der, você compra alguma coisa para si, pois fará de tudo para que o guri tenha tudo do bom e do melhor, mas não pode cair no vacilo de deixá-lo mimado e sem entender o sacrifício para obter tudo isso. Antes de fazer qualquer coisa, você raciocina consigo: “o que será que meu moleque pensaria de mim se eu fizesse isso?” - e aí você se torna alguém melhor.

Meu pai, Super Oliver e eu

E é isso aí, pessoal. Aproveite para dar os parabéns ao seu velho, não só hoje, mas todos os dias. Papai (num trabalho em equipe com a mamãe) fez tudo o que achou que era melhor para você. Ele não é perfeito, comete erros, mas foi o melhor que ele pôde fazer. Há casos que infelizmente isso não é verdade, aí entra a figura da mãe que cumpre os dois papéis, mas aí já é outra história! Abrace seu pai, dê um beijo nele e, se ele estiver longe, como no meu caso, ligue pra ele.

Feliz Dia dos Pais!

6 comentários:

  1. Issaê companheiro Adelmo!!! Concordo contigo em gênero, nuneri e grau!!!
    Li esse texto que transcrevo abaixo como parte do que passo hj, longe de toda a minha família e me preparando pra passar mais tempo do que nunca havia passado longe deles. Serão longos 3 meses na China, mas aproveitarei da melhir forma possível pra guardar somebte as coisas boas dessa missão que me servirá de ensinamentos pra uma vida toda. Segue o texto:


    Ser pai do Trecho...

    Ser pai do trecho é saber que a distância vai te machucar sempre...
    Ser pai do trecho é saber que seus filhos vão crescer e você não vai ter a oportunidade de acompanhar o crescimento deles de perto.
    Ser pai do trecho é colocar seu casamento a prova e saber que pode a distância acabar com ele.
    Ser pai do trecho é passar o dia inteiro no sol, é se submeter a portas fechadas, a humilhações, trabalhos árduos, tendo que se adaptar a cultura do local, mudança extrema de clima, entre outros.
    Ser pai do trecho é sair pra trabalhar todos os dias, expondo sua vida ao risco sem saber se vai voltar pra casa, mas saber que temos a responsabilidade e obrigação de TRABALHAR COM SEGURANÇA.
    Ser pai do trecho não é pra quem QUER nem pra quem PODE, e sim pra quem PRECISA!!!!!
    Apesar de tudo, a gente ri, brinca, faz farra, se diverte, ganha e gasta dinheiro fácil ... mas o pensamento está sempre voltado ao principal objetivo que é o bem estar dos filhos...
    Ser pai do trecho é foda!!! 👊 Nos orgulhamos pela capacidade de lidar com situações adversas e com o turbilhão de sentimentos que nos atormenta e muitas vezes nos tira a paz.
    Somos fortes, 💪Construímos refinarias, celulose,siderúrgicas, termoelétricas, navios, barragens, ferrovias, gasodutos, prédios, casas, rodovias, pontes, plataformas, etc. Somos verdadeiros artistas e amamos o que fazemos. 👷

    Essa é uma homenagem a todos os guerreiros pais de família que vivem nessa luta pela sobrevivência todos os dias...
    Parabéns pra nós 👏, e que DEUS possa nos abençoar sempre. 🙌
    👷👨👨👨👨👨👨👨👨👨👨👨👨👨‍🔧👨👨👨👨👨👨👨👨👨👨👨👨👨‍💻
    ORGULHO DE SER DO TRECHO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super Ednaldo!

      Camarada, deve ser muito difícil passar tanto tempo longe da família. Já passei um mês e foi bem difícil, mas este ano devo passar pelo menos 3 meses longe, por causa do trabalho, também.

      A distância é bem cruel, também. Pois agora vejo meus pais apenas uma vez por ano. Não poder acompanhar o crescimento dos filhos deve ser muito difícil, também. Eu acredito que um bom casamento também pode vencer a distância! Passar por tudo isso em prol dos filhos é gratificante, apesar de não ser o que queríamos, mas é o melhor que se pode oferecer a eles no momento.

      Voltar para casa e ter alguém nos esperando é o troféu de cada dia!
      Pai do trecho é praticamente um super-herói! Meus parabéns a todos eles!

      Que Deus abençoe a todos vocês! Forte abraço, meu amigo! Feliz dia dos pais!

      Excluir
  2. É realmente preciso ser firme para se educar uma criança. Não esbravejar, mas ser firme. E esse é o papel do pai.

    Ser pai pode ser trabalhoso, mas tem suas recompensas. Ter alguém para proteger e saber que alguém estará te esperando depois de uma longa jornada de trabalho. E também ter um motivo para que este mundo continue mesmo quanto tenhamos que partir, pois é aqui que os filhos irão viver.

    Feliz Dia dos Pais, Adelmo! Acompanho suas aventuras com o Super Oliver e sempre fico fascinado. Sei que ele vai crescer bem em suas mãos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super Usys!

      Verdade. Super Oliver já conhece o "cantinho do pensamento", onde ele passa alguns minutos sentadinho, refletindo sobre o que fez. É difícil vê-lo com aquela cara de choro, mas é preciso para que ele aprenda o que é certo e o errado!

      Não tem preço chegar em casa e o pequeno agarrar sua perna, dizendo "papai chegô", ou até mesmo nem dar muita bola porque está assistindo novamente ao seu desenho favorito. Isso é verdade, além de que eles levarão nosso nome e todo o legado que deixaremos.

      Muito obrigado, meu nobre! Igualmente para ti, se for, mas caso não seja, desejo o mesmo para toda a sua família. Deus abençoe que ele seja uma pessoa bem melhor que eu! Abração e até a próxima!

      Excluir
  3. Sensacional! Adorei o texto!

    Acho que muitos filhos não compreendem a dificuldade de ser pai, lembro que muitas vezes já falei várias coisas parecidas com essas do texto para meu irmão mais novo, que tinha algumas brigas com meu pai. A maioria dessas coisas a gente só percebe com a idade mesmo, onde vemos a situação com outros olhos e percebemos que tudo aquilo que o paizão falava, todas as broncas e conselhos, tudo isso tem um propósito.

    Gosto de resumir da seguinte forma: O pai é super herói da vida real XD

    Ficou maneiraça a foto dos três cavaleiros andarilhos!
    Feliz Dia dos Pais, nobre cavaleiro! Que continue treinando o Super Oliver para ele se tornar o grande ninja do sétimo sentido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super Ronin! Valeu, meu nobre!

      Verdade, meu camarada. Como irmão mais velho, também já passei por isso, mas essa situação nos remete à difícil missão de comandar "pares", que é muito mais complicada que comandar um subordinado! Se o filho não segue os conselhos do pai, ele aprende mais tarde, de uma maneira mais pesada, com a vida. Essa ensina sem dó nem piedade. Onde poderíamos aprender com o erro dos outros, acabamos aprendendo com os próprios, que é bem mais doloroso.

      Pai é um super-herói de verdade! Só ele sabe como espremer um salário mínimo para criar três filhos, pagar estudos, vestuário e fazer a compra do mês, recorrendo a bicos, empréstimos ou o terrível cheque especial. No fim dá tudo certo!

      Essa foto foi obra de minha irmã, que tem uma máquina dessas das galáxias, mas a qualidade ficou baixa porque baixei do Facebook.
      Muito obrigado, meu nobre! Ser pai é uma bênção! Ainda mais do Super Oliver, o cavaleiro Ninja (tipo o Haruto do Omega, sem ser emo). Grande abraço e espero que possa sentir essa alegria quando for papai, também!

      Excluir