sexta-feira, 11 de maio de 2018

17 Motivos para assistir a Saiki Kusuo no Psi-nan!

Olá, queridos leitores, tudo massa?! Estamos de volta com mais uma indicação de anime para alegrar seu final de semana e filas de espera nesses consultórios da vida! E essa é pra dar risadas aos montes!

Créditos da imagem

O que você faria se tivesse não um, mas vários superpoderes? Seria o máximo, não é? Hoje, mais do que nunca, a era dos super-heróis tem grande destaque entre nós, seja nos quadrinhos, mangás, animes, séries ou cinema. Podemos citar vários personagens com poderes desejáveis, que poderiam ser usados tanto para benefício próprio ou até mesmo a favor de outrem, mas nenhum se compara ao Saiki Kusuo!


A desastrosa vida de Saiki Kusuo


O título da obra deixa bem ressaltada a característica: "desastrosa" - que podemos comprovar ao longo dos episódios. Isso porque Saiki é alguém que tenta ser um garoto normal, como a maioria de sua idade. Mas não dá pra ser normal tendo tantos poderes quanto os motivos que vocês tem para conferir essa comédia! Estamos falando do garoto que tem mais superpoderes que Superman, Goku, Professor Xavier e vários outros conhecidos nossos por aí! Mas seria tão ruim assim ter alguns talentos que meros mortais não possuem? Sim, seria.



Como é ser alguém normal cercado por gente estranha que fica no seu pé o tempo inteiro? Essa é a luta diária de nosso herói, que pela cara de "sem saco" podemos ter uma noção do quão chato é ser incomodado diariamente e todo o tempo! Sem contar que esses aí não são metade do elenco do anime! O sonho dele é não ser incomodado!

Autoria e mais algumas informações


Saiki Kusuo no Psi-nan foi escrita e ilustrada por Shūichi Asō, publicada na Weekly Shonen Jump a partir de maio de 2012 e continua até a data dessa postagem. O anime foi ao ar em julho de 2016 e sua segunda temporada está em exibição desde janeiro deste ano, no formato de historinhas de aproximadamente 4 min que vão ao ar diariamente, sendo compiladas num episódio especial aos finais de semana. Também já foi lançado um live action, que ainda não conferi por não ter legendas em português até o presente momento.

   
A Netflix já disponibilizou a primeira temporada com legendas em português. Vale a pena cada segundo! Ah, mas se preparem para treinar seus métodos de leitura, porque algumas legendas estão na velocidade da luz e alguns personagens tem suas falas adiantadas propositalmente, para poder caber no formatinho de 4 min.
Até o episódio 15 da segunda temporada, ainda não vi o Saiki abrir os lábios (literalmente) para proferir uma palavra com seus amigos. Algumas passagens dão a entender que ele falou, mas isso nunca ficou explícito. Ou seja, sem falar nada, Saiki consegue atrair um montão de gente para perto de si! Imaginem se ele falasse...
Por que ele usa óculos? O que são aquelas anteninhas? E por que o cabelo rosa? Tudo isso a gente descobre ao longo dos episódios!

Tá, mas cadê os 17 motivos?!


Como nem tudo nessa vida é do jeito que queremos, a vida de nosso protagonista do cabelo rosa não é lá um mar de rosas, com exceção de seu cabelo.



Deem só uma olhada no seu rol de poderes:


1) Telecinese
2) Telepatia
3) Ler mentes
4) Psicometria (histórico do objeto)
5) Regenerar coisas (e até pessoas) para o estado anterior
6) Superforça
7) Supervelocidade
8) Teletransporte
9) Trocar coisas de lugar
10) Ilusão de ótica
11) Transformar pessoas em pedras
12) Deslocar as juntas do corpo
13) Transformar-se em qualquer animal ou pessoa
14) Encolhimento
15) Invisibilidade
16) Previsão do futuro
17) Tem medo de insetos. Tá, isso não é um superpoder, mas é bem engraçado!

Deu, né? Mas posso ter esquecido um ou mais poderes, porque são vários! Esses aí foram os que lembrei! Maneiro, não? Para o Saiki, isso tudo é um saco! Nada mais. Poderes psíquicos são coisas insuportáveis e que atrapalham a sua vida!
Só pra ter uma ideia, como seria ir ao cinema topando com mentes que jogam spoilers toda hora antes mesmo de você conferir o filme? Como conversar com alguém que fala uma coisa, mas pensa em outra? Ele só não quer chamar atenção, ser apenas mais um aluno comum em uma escola comum.

Personagens




Os personagens são todos carismáticos! Até os insuportáveis são muito bem alocados nas histórias para fazerem vocês rirem (demais)! Tem mágico fuleiro, pais malucos, avô brutão por fora mas mole por dentro, riquinho sem noção, personificação de protagonistas de mangás shonen, a garota mais gata da escola, a mais comilona, ex-delinquente, garoto com síndrome da 8ª série, cabeça oca, videntes, médiuns, figurantes, gatos, hamsters, baratas, e muito mais! Também temos a constante quebra da 4ª parede: Saiki fala diretamente com o telespectador, inclusive citando o próprio anime, mangá e até o Live Action!

---

Se depois de todos esses motivos vocês ainda precisam de mais um, aí vão mais alguns: não tem um episódio que você fique sem dar uma risada! Há sim, uma história ou outra mais fraquinha, mas a maioria é de momentos isolados, sem muita conexão com as anteriores - que farão você dar risos de canto de boca ou gargalhadas escandalosas! Também há várias referências aos mangás famosos (Dragon Ball, Gundam), além das tiradas de sarro de histórias clichês. Aproveitem que a primeira temporada está na Netflix e corram pra conferir o quanto antes, pois gostaria de trocar ideias com vocês aqui!

Espero que tenham curtido essa indicação. Ainda não li o mangá, então não posso falar dele com propriedade! Até a próxima, camaradas!

Adelmo Veloso

4 comentários:

  1. Esse na verdade é o grande problema dos Super Heróis e o motivo deles terem uma identidade secreta para poder fazer o bem. É porque senão vai ter um monte de gente no pé dele pedindo ajuda ou querendo se aproveitar.

    Esse tema realmente rende várias situações engraçadas. Alguém que tem um monte de superpoderes e todos sabem disso. E eis aí uma desvantagem bem grande, de acabar lendo a mente de alguém no cinema e saber como vão ser as surpresas. Jean Grey também passou por algo parecido com a Ororo.

    E no fundo, talvez o que todo super herói queira é não ter superpoderes e levar uma vida comum. Interessante tocar nesse tema, mas de forma cômica. Felizmente os episódios são curtos e quem sabe consiga ver. Duro é encaixar na agenda, que já está bem cheia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super Usys!

      E é aí que tá a graça: Saiki tenta manter seus poderes em segredo, mas apenas poucos personagens desses aí sabem de seu segredo. Ele junta um montão de gente simplesmente por não falar nada! É muito engraçado como o anime funciona com o Saiki quase sempre não dizendo uma palavra pra eles - muitas vezes faz apenas gestos ou caretas.

      Quem quer se aproveitar de seus poderes são quase sempre o seu pai e o garoto que se comunica com os espíritos – e sempre em benefício próprio! Ir ao cinema renderia uma situação engraçada – e olha que tem um episódio assim!

      Em Smallville, Clark desejou muitas vezes não ter superpoderes, justamente para ser alguém normal. Episódios em que o protagonista perde os poderes também são incríveis – e digo mais: Saiki tem situações parecidas!

      Também estou vendo vários animes simultaneamente. Finalizei Kamen Rider Ex-Aid, mas ainda faltam os filmes finais. Curti bastante e o Super Oliver também! Estou conciliando os animes com sessões de fisioterapia e filas de espera em consultórios, assim como descrevi no início da indicação! Hehehehe! Valeu pela visita, meu nobre, e volte sempre! Estou devendo algumas visitas à Casa, também!

      Excluir
  2. Com certeza Saiki Kusuo garante umas boas risadas! Parece que essa fórmula do herói invencível em situações engraçadas está dando muito certo no Japão hehehe!

    O pobre Kusuo só quer ficar na dele comendo seu pudim de café, mas não consegue se livrar da galera maluca ao seu redor, e o que acho legal é que são eles que constroem a comédia, enquanto o Kusuo só reage. O Nendou e os pais do Kusuo são os melhores hehehe! Na segunda temporada então, tem um episódio dos pais do Kusuo que foi o mais engraçado até agora hahahaha!

    Essa parte dos diálogos extremamente rápidos é que me causa problemas, acho que estou velho demais pra isso hahahaha! Acabo perdendo um monte dos diálogos, o bagulho é muito rápido mesmo! Tem que ser Cavaleiro de Ouro para conseguir acompanhar tudo sem perder pelo menos uma frase.

    Se não me engano o Kusuo explica que ele só fala mentalmente com a galera, por isso que ele não mexe a boca.

    Tenho curiosidade de ler o mangá, o bom é que aí cada um pode ler em seu próprio ritmo, sem o probleminha dos diálogos relâmpago hehe. Outra coisa que me chama a atenção é que o autor se inspira bastante em Gintama, e até rolam algumas piadas entre as duas séries (e até alguns crossovers). Engraçado que o próprio autor é bem parecido com o Kusuo, só falta o cabelo rosa!

    Acho que a Netflix deve trazer o live action também, com Kakegurui foi assim, trouxeram o anime e logo em seguida o live action (que ainda não conferi), então acho que pode acontecer a mesma coisa com Saiki Kusuo. Vou ficar na torcida! A caracterização dos personagens está ótima, e a Kanna Hashimoto, que faz a Teruhashi, é linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super Ronin! Cara, e que risadas! One Punch-Man, Mob Psycho 100, Gintama e vários outros animes realmente nos provam isso! Ainda preciso conferir Gintama, pois vi o Crossover e fiquei sem entender direito.

      Realmente, ele só quer ficar de boa. Tipo nós, quando chegamos na vida adulta, que silêncio e boletos pagos significam muito para nós! E é isso mesmo! A galera é que arranca risadas da gente! O Nendou é demais! Também não aguento a música de fundo do Shun (sempre dá errado, inclusive tô rindo sozinho agora só porque lembrei). A Teruhashi angelical é demais! Só o pai do riquinho é que ganha quando o assunto é aura! Esse episódio dos pais dele também foi muito engraçado!

      Dá pra perceber que são acelerados de propósito, causando mais graça ainda. Teve legendas que não consegui ler porque a Netflix já tem um pouco disso. Ainda bem que treinei o Super Oliver, então tenho um pouco da velocidade da luz incorporado nos sentidos! Hehehehe!

      Eu sei que ele fala diretamente às mentes do médium, da vidente, dos pais e dos animais. Devo ter voado nessa explicação, pois é claro pra esses personagens que a comunicação é mental. Já o Nendo, não é preciso falar nada pra ele, que dá na mesma! Também não aguento quando ele manda o “parceiro, chega aí!”.

      Nem sei bem como é o formato do mangá, mas já vi notícias que confirmam sua finalização em breve. Esqueci de mencionar Gintama (então entrou na parte de animes famosos).

      Comecei a ver o Live Action de kakegurui. Tá um pouco diferente a abordagem do pensamento de Suzui, parecendo um personagem “abrindo aspas” para falar, tipo aquela tela preto e branco do Ultimate Spider-Man. O primeiro jogo ficou igualzinho ao anime, então não causou tanta certeza. Vamos ver se mudam alguma coisa nos próximos. Quero ver esse do Saiki! É muito bom!

      Até a próxima, meu nobre!

      Excluir